Bolsonaro reage a notícias ruins e ataca jornalistas: ‘Perderam a boquinha’

O presidente Bolsonaro reagiu à maré de notícias ruins que o vem cercando cada vez mais atacando o jornalismo, os jornalistas e a imprensa.

Bolsonaro usou de mote um relatório da Federação Nacional dos Jornalistas (Fenaj) que lista os ataques do presidente neste ano de 2020 que em nove meses chegaram a 299 agressões verbais a jornalistas e órgãos de comunicação.

O presidente ironizou e fez o “Ataque” n° 300: Perderam a boquinha! “

O mote virou bordão e alimentou os robôs bolsonaristas que saíram das cordas pela primeira vez em duas semanas. A hashtag #PerderamABoquinha está entre as mais comentadas do Twitter com louvores rasgados ao Capitão Corona.

A lógica de Bolsonaro é que a imprensa insiste em divulgar notícias ruins de seu governo porque os jornalistas e os donos dos órgãos de imprensa perderam “a boquinha”, que seriam as verbas de publicidade.

Mas isso é uma mentira, pois as TVs “chapa branca” lucraram bastante com publicidade do governo, inclusive para defender posicionamentos que ainda estariam em debate no Congresso.

Mas, enfim, os bolsonaristas veem o que querem. Confira algumas das postagens:

Confira o relatório da Fenaj.

LEIA TAMBÉM
Vídeo: Bolsonaro diz que tem ‘quase união estável’ com senador flagrado com dinheiro no ‘cofrinho’

[Vídeo] Bolsonaro comenta operação que flagrou senador com dinheiro no “cofrinho”

Senador que escondeu dinheiro no “cofrinho” deu emprego a Leo Índio, primo do Carluxo

QAnon é 1 movimento terrorista e o PT denuncia atuação de grupo no Brasil

Compartilhe agora