Bolsonaro condecora Fux, ministros e aliados com admissão na Ordem de Rio Branco

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) condecorou o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Luiz Fux, com a admissão do magistrado na Ordem de Rio Branco, no grau de Grã-Cruz, o mais alto dos cinco níveis previstos na ordem. O decreto foi publicado na edição desta quarta-feira (14) do Diário Oficial da União (DOU).

Segundo o Itamaraty, a condecoração é concedida a pessoas, corporações ou instituições “merecedoras dessa distinção por seus serviços ou méritos excepcionais”. Ela foi criada com o objetivo de “ao distinguir serviços meritórios e virtudes cívicas, estimular a prática de ações e feitos dignos de honrosa menção”.

Além de Fux, também foram admitidos na Ordem de Rio Branco os ministros Eduardo Pazuello (Saúde), Fábio Faria (Comunicações), Luiz Eduardo Ramos (Secretaria de Governo), Milton Ribeiro (Educação), bem como outros integrantes do governo, senadores e deputados aliados de Bolsonaro.

LEIA TAMBÉM
Governo Bolsonaro impulsiona TV Brasil na ‘guerra do futebol’ contra a Globo

Globo com Moro, contra o STF, no caso André do Rap

Eleições 2020: TSE disponibiliza 5 aplicativos para eleitores, mesários e candidatos; confira

Como Grão-Mestre da Ordem de Rio Branco, Bolsonaro tem a prerrogativa de admitir novos membros. Ao todo, mais de 170 pessoas foram condecoradas pelo decreto do presidente, com admissão ou promoção na ordem.

Compartilhe agora