Bolsonaro acha mais barato investir na cura do que na vacina; assista

Uma das máximas sobre saúde é que é melhor prevenir do que remediar. Mas o presidente Bolsonaro contraria a lógica mais uma vez e diz que deve ser mais barato investir na cura do que na vacina.

Falar isso é um disparate completo uma vez que o Brasil já se aproxima de 160 mil mortos pela Covid-19. Isso somente em números oficiais.

Bolsonaro tenta modular seu discurso para não parecer extremista e negacionista, mas isso é mais forte que ele.

No vídeo, ele começa falando da Vacina de Oxford, elogiando a evolução das pesquisas. Ele fala que “não adianta correr”, como se os mortos não contassem.

O presidente ainda reclama da judicialização, que ele próprio causou, e fala que talvez seria mais barato investir na cura que nas vacinas. Bolsonaro termina falando em cloroquina e ivermectina, que para ele são a solução.

Assista:

Sobre investir em cura ou em vacina é mais um absurdo, pois vacina é cura. Vacina é o SUS com menos demanda, são menos custos com hospitais, é menos sofrimento e menos mortes, enfim.

A guerra da vacina foi causada por ele. Uma possível queda pela procura de outras vacinas, inclusive, podem ser atribuídas ao bolsonarismo e à militância de extrema-direita.

Vacina de Oxford gera resposta imune em jovens e idosos, diz AstraZeneca

Nicolás Maduro anuncia a vacina da Venezuela “altamente eficaz” contra o vírus

Segunda onda: Espanha decreta estado de emergência até abril de 2021

Vacina russa Sputnik V será produzida pela farmacêutica brasileira União Química

 

Compartilhe agora