Felipe Neto atinge 40 milhões de inscritos no YouTube e abala império da TV Globo

A televisão entrou em contagem regressiva para acabar, assim como aconteceu com o jornal impresso (offline) que foi extinto na maioria das praças. O marco desse melancólico fim da TV, anote, são os 40 milhões de inscritos do youtuber Felipe Neto conquistados na noite deste sábado (17/10/2020).

A Globo, portanto, está com os dias contados. Não será Jair Bolsonaro quem extinguirá a concessão da emissora dos Marinho tampouco o PT. É a tal movimento disruptivo, que eliminou os impressos e agora irá matar a televisão.

Cada um dos milhões de usuários de smartphone são potenciais produtores de conteúdos e, por ali mesmo, consumidores. A forma de assistir filmes, reportagens mudou. Hoje se vê na palma da mão. [Fala-se em 234 milhões de aparelhos celulares inteligentes no Brasil.]

A Globo, o SBT, Record, RedeTV!, etc., daqui cinco ou no máximo dez anos não valerão nada. Perderão valor de mercado porque ser tornarão obsoletas da mesma maneira que os táxis se tornaram obsoletos com o surgimento do URBE.

Portanto, com 40 milhões de inscritos, Felipe Neto já pode ser considerado no novo “Roberto Marinho” das mídias digitais no século XXI.

Texto atualizado às 14h50 de 18/10/2020.

Governo Bolsonaro impulsiona TV Brasil na ‘guerra do futebol’ contra a Globo

Moro não vai para os EUA, prevê Globo

TV Globo estuda “relaxar” censura a Lula no Jornal Nacional

Globo usa pandemia para limitar candidatos nos debates das eleições 2020

Compartilhe agora