[Vídeo] Paulo Guedes é retirado “à força” de entrevista coletiva

O ministro da miséria de Bolsonaro, Paulo Guedes, foi retirado praticamente à força de uma entrevista coletiva nesta quarta-feira (23). A “condução coercitiva” para que Guedes parasse de falar foi feita pelo líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP); e pelo ministro da Secretaria de Governo, general Luiz Eduardo Ramos.

Para assinalar bem o racha, compartilhamos a seguir a postagem do bolsonarista Allan dos Santos, do Terça Lvre. Ele escreveu:

“Se EU falo, então estou “rachando a direita”. Quem não consegue ver a merda que está sendo Ramos e Barros? Se esses ‘milicu’ tirarem o Guedes, ANOTEM: esse governo se fode por completo. Guedes não é Moro.”

É a ditadura Militar e do Centrão dentro do governo Bolsonaro. Deixem o Guedes falar. O sincericídio dele costuma revelar as reais intenções do governo e do neoliberalismo que trouxeram a fome de volta ao Brasil.

As imagens são da CNN. 

Compartilhe agora