SBT cancela debates do primeiro turno nas eleições 2020, diz comunicado da emissora de Silvio Santos

O Sistema Brasileiro de Televisão, SBT, emissora do empresário e apresentador Silvio Santos, comunicou nesta segunda-feira (28) que não irá realizar debates nas capitais.

A exemplo da Globo, o SBT informou que “em virtude da pandemia e do elevado número de postulantes às Prefeituras” optou por não fazer o debate entre os candidatos no primeiro turno em São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Belém.

Porém, diz a nota do SBT, o debate do segundo turno fica mantido no dia 21 de novembro.

“Informamos que, em virtude da pandemia e do elevado número de postulantes às Prefeituras de São Paulo, Rio de Janeiro, Porto Alegre e Belém, o SBT optou por não fazer o debate entre os candidatos no primeiro turno nestas capitais. Fica mantida a data, já informada às campanhas, de 21 de novembro para o segundo turno”, diz o lacônico comunicado do SBT.

O SBT, assim como a Globo, prestam um desserviço à democracia e ao livre processo de escolha dos quase 150 milhões eleitores brasileiros.

As emissoras de rádio e TV são concessões públicas que precisam cumprir sua função social, sob pena de perder a autorização para o funcionamento. É o que diz a Constituição Federal de 1988.

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) deixará por isso mesmo? A conferir.

LEIA MAIS SOBRE OS DEBATES E AS ELEIÇÕES 2020

Em nota, Globo sugere que as eleições 2020 estão sob risco por causa da pandemia

Globo usa pandemia para limitar candidatos nos debates das eleições 2020

[Vídeo] Especialista em Direito Eleitoral debate segurança sanitária nas eleições 2020

Eleições 2020: MP lança novas proibições para candidatos e eleitores por causa da pandemia; confira

Compartilhe agora