Ricardo Salles ‘passa a boiada’ e tira a proteção de restingas e manguezais

O ministro da destruição do Meio Ambiente, Ricardo Salles, conseguiu aprovar nesta segunda-feira (28) no Conselho Nacional do Meio Ambiente (Conama) a retirada da proteção permanente de manguezais e de restingas do litoral brasileiro.

O Conama é presidido pelo ministro Salles e controlado majoritariamente por ministérios e membros do governo federal. A revogação das regras de proteção das restingas e manguem visam abrir espaço para especulação imobiliária nas praias.

O Conama revogou ainda uma resolução que exigia o licenciamento ambiental para projetos de irrigação, além de liberar a queima das embalagens e restos de agrotóxicos em fornos industriais para serem transformados em cimento. Com a nova regra, cai a exigência do descarte desse material potencialmente tóxico e venenoso.

E assim a boiada segue passando, o Brasil vai sendo covardemente pisoteado.

Com informações do Estadão.

LEIA TAMBÉM:

Justiça suspende tentativa de Trump de banir TikTok dos Estados Unidos

Deu no New York Times: Trump falido, sonegador, pode perder a eleição

Dilma diz que governo Bolsonaro ameaça a democracia e o meio ambiente

Compartilhe agora