PT divulga nota de repúdio à ação da PF contra Guilherme Boulos em SP

O Partido dos Trabalhadores distribuiu uma nota oficial, na noite desta segunda (28), condenando a ação da Polícia Federal e se solidarizando com Guilherme Boulos, candidato do PSOL, à Prefeitura de São Paulo.

O documento de repúdio à PF é assinado pela presidenta nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR), e pelo secretário-geral do PT, o também deputado Paulo Teixeira (SP), que conclamam a todos os democratas a se levantarem contra mais este crime de Bolsonaro e lutar pelo restabelecimento pleno da democracia no país.

“A abertura de investigação da Polícia Federal sobre manifestações de Boulos nas redes sociais, com críticas ao atual presidente, confirma a índole fascista e totalitária do governo de extrema-direita, a serviço da agenda neoliberal no país”, diz um trecho da nota.

O PT vê no ato intimidatório contra Boulos semelhanças ao lawfare contra Lula, nas eleições e 2018, quando o petista foi proibido de concorrer à Presidência da República.

“Mais uma vez instituições do estado democrático são utilizadas para atacar a própria democracia, como ocorreu em 2018 para tirar da maioria do povo brasileiro o direito de eleger Lula presidente mais uma vez”, compara a agremiação petista.

Leia a integra da nota de repúdio do PT:

PT: Ação da PF contra Boulos é mais um crime de Bolsonaro

O Partido dos Trabalhadores está solidário ao líder do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto, Guilherme Boulos, no repúdio e na denúncia de mais uma violação da democracia e do estado de direito por parte do governo Bolsonaro.

A abertura de investigação da Polícia Federal sobre manifestações de Boulos nas redes sociais, com críticas ao atual presidente, confirma a índole fascista e totalitária do governo de extrema-direita, a serviço da agenda neoliberal no país.

Esta violação tornou-se pública no dia seguinte à abertura da campanha eleitoral, na qual Boulos é candidato à prefeitura de São Paulo, o que a torna ainda mais grave, pois volta-se diretamente contra o direito de oposição e a liberdade do voto popular.

Mais uma vez instituições do estado democrático são utilizadas para atacar a própria democracia, como ocorreu em 2018 para tirar da maioria do povo brasileiro o direito de eleger Lula presidente mais uma vez.

O PT conclama todos os democratas a se juntar no repúdio a mais este crime de Bolsonaro e lutar pelo restabelecimento pleno da democracia no país.

Gleisi Hoffmann, presidenta nacional do Partido dos Trabalhadores

Paulo Teixeira, secretário-geral do Partido dos Trabalhadores

Brasília, 28 de setembro de 2020.

LEIA MAIS SOBRE BOULOS E AS ELEIÇÕES 2020

Bolsonaro enlouquece direita ao “entrar” na campanha de Boulos em SP

Bolsonaro aciona PF contra Boulos por críticas nas redes sociais

Eleições 2020: PT pede vigilância dos militantes contra campanha de mentiras nas redes

SBT cancela debates do primeiro turno nas eleições 2020, diz comunicado da emissora de Silvio Santos

Saúde e emprego são as principais preocupações dos eleitores, diz Paraná Pesquisas

Compartilhe agora