Podcast: preços abusivos nos “patriotas” supermercados; ouça

É patriota os supermercadistas cobrarem quase R$ 30 por um pacote de arroz de cinco quilos, se antes da pandemia custava oito reais? Funciona o presidente Jair Bolsonaro apelar ao “patriotismo” dos donos dos supermercados?

Ouça agora:

Bolsonaro pede “patriotismo” para donos de supermercados; assista ao vídeo

Um vídeo publicado pelo deputado Cleitinho Azevedo, do Cidadania, de Minas Gerais, viralizou nas redes sociais porque denuncia os preços exorbitantes nos supermercados.

O parlamentar mineiro compara o preço de um pacote de arroz de 5 kg, em março, antes da pandemia, que custava oito reais. Agora, em setembro, chega a R$ 25.

Cleitinho afirma que, se deixar quieto, o pacote de arroz vai custar R$ 40. O deputado do Cidadania lembra que os supermercados não fecharam nenhum dia durante a pandemia e não tiveram aumento de impostos durante esse período. Ou seja, não se justifica esses aumentos nos itens da cesta básica.

O presidente Jair Bolsonaro reconheceu nesta sexta-feira (4) que os supermercadistas estão abusando dos preços na pandemia, mas disse que não irá interferir com a mão pesada do Estado. Ele disse que irá “conversar” com os donos dos supermercados.

LEIA TAMBÉM

  • Deputado petista apresenta projeto que torna crime invasões de hospitais
  • Gilmar Mendes libera julgamento contra Deltan Dallagnol no CNMP
  • Eduardo Fauzi, autor do ataque à sede do Porta dos Fundos, é preso na Rússia
  • Lula “Balboa” nocauteia Dallagnol: “fujão” que “se esconde atrás da doença da filha”