MP repudia matéria do Globo sobre denúncia contra Flávio Bolsonaro e bolsonaristas festejam

O jornal o Globo antecipou nesta segunda-feira (28) a denúncia do senador Flávio Bolsonaro e de se ex-assessor Fabrício Queiroz pelas “rachadinhas” na Alerj. O problema é o Ministério Público do Rio de Janeiro entrou em cena e negou ter feito a denúncia, deixando a Globo com a brocha na mão.

Para não assumir a mancada, a Globo mudou o tempo dos verbos colocando a denúncia no futuro: “Flávio será apontado como líder da organização criminosa, e Queiroz, como o operador do esquema de corrupção que funcionava no antigo gabinete na Assembleia Legislativa.”

Mas o MP não gostou da história e repudiou o vazamento, uma vez que a investigação corre sob sigilo; o que, aliás, é outro absurdo:

Veja a nota do MPRJ:

“Em relação à matéria ‘Ministério Público denuncia Flávio Bolsonaro e Queiroz por ‘rachadinha’ na Alerj’, publicada pelo jornal O Globo nesta segunda-feira (28/09), o MPRJ, por meio da Subprocuradoria-Geral de Justiça de Assuntos Criminais e de Direitos Humanos (SUBCRIM/MPRJ), esclarece que, até o momento, não há denúncia ajuizada contra o atual senador Flávio Bolsonaro nas investigações referentes a movimentações financeiras em seu gabinete no período em que era deputado estadual.

A instituição lamenta e repudia a divulgação de notícias relacionadas a investigações sigilosas, sem qualquer embasamento ou informação oficial por parte do MPRJ, o que causa prejuízo à tramitação do procedimento e desinformação junto ao público.”

Como já era de se esperar, os bolsonaristas estão extasiados com a “barriga” da Globo. A hashtag #FakeDaGloboLixo é a mais comentada no Twitter nesta terça-feira. Vejamos algumas das postagens:

Tudo indica que Flávio e Queiroz devem ser denunciados, caso contrário, seria a desmoralização completa do Ministério Público. Mas a Globo também não conhece limites em seu jornalismo militante tucano.

Globo denuncia fake news do Globo

Globo Vírus.

O Globo, jornal dos Marinho, está batendo biela.

No início desta noite, a publicação registrou que o senador Flávio Bolsanaro (Republicanos-RJ) tinha sido denunciado pelo MP-RJ, juntamente com o ex-assessor Fabrício Queiroz, no esquema das rachadinhas na Alerj (Assembleia Legislativa do Rio).

No entanto, por volta das 19h44, desta segunda-feira (28), o Globo voltou atrás.

“Flávio será apontado como líder da organização criminosa, e Queiroz, como o operador do esquema de corrupção que funcionava no antigo gabinete na Assembleia Legislativa.”

O tradicional jornal carioca incorporou o espírito da Mãe Dináh e começou a adivinhar o futuro.

“Flávio ‘SERÁ’ apontado como líder da organização criminosa”, corrigiu o Globo, volta atrás da fake news que espalhou mais cedo.

As agências de fact-checking, que supostamente checam fatos, nada falaram a respeito da fake news do Globo.

Lupa, Aos Fatos, Estadão Verifica, UOL Confere, dentre outras, não se manifestaram publicamente por questões óbvias.

O Globo não assumiu que foi uma “barriga” (inverso de furo, no jornalismo), muito menos que mentiu.

LEIA MAIS SOBRE A GLOBO

Isso a Globo mostra: MP denuncia Flávio Bolsonaro e Queiroz por “rachadinha” na Alerj

Após derrota para os Bolsonaro, Globo leva briga ao Supremo Tribunal Federal

Hoje foi um dia ruim para Bolsonaro, segundo o PT

Compartilhe agora