Morre o cartunista argentino Quino, criador da Mafalda

Morreu o cartunista argentino Joaquín Salvador Lavado, o Quino, criador da Mafalda, a menina contestadora e politizada, entre outros personagens.

Quino tinha 88 anos e a causa da morte não foi divulgada. O comunicado veio de seu editor, Daniel Divinsky, pelo Twitter:

Luciana Genro comentou:

“Triste saber da morte do Quino, o artista Joaquín Salvador Lavado, criador da Mafalda. Quino criou uma personagem icônica, com suas reflexões críticas e políticas, representativas até hoje. A arte é uma das principais formas de contestação política! Vida longa à obra do Quino!”

Mafalda foi uma tira escrita e desenhada pelo cartunista argentino Quino. As histórias, apresentando uma menina (Mafalda) preocupada com a Humanidade e a paz mundial que se rebela com o estado atual do mundo, apareceram de 1964 a 1973, usufruindo de uma altíssima popularidade na América Latina e Europa. Via Wikipédia.

Manuela D’Ávila também comentou a morte de Quino: “A América Latina perdeu um dos seus melhores cartunistas. Quino, criador da Mafalda, foi responsável por ilustrar nosso incorformismo com as injustiças e trazia leveza em seus cartuns. Viva Quino!”

Compartilhe agora