Michelle Bolsonaro quer processar quem fez piadas sobre sua vida conjugal

A primeira-dama Michelle Bolsonaro apresentou queixa-crime contra quem a citou em “ofensas e piadas infames em redes sociais”. Segundo ela, os detratores colocaram “em xeque sua fidelidade, integridade, correção e decoro”.

Ainda bem que foi em “xeque” e não em “cheque” de R$ 89 mil, por exemplo.

O caso está tramitando no Departamento Estadual de Investigações Criminais da Polícia Civil de São Paulo. Diz respeito a uma publicação de um colunista da revista IstoÉ.

O Estadão publicou parte do depoimento de Michelle:

“Que conquanto as aleivosias sejam obviamente mentirosas, o dano reputacional à imagem e à honra é indiscutível e irreparável, tendo a declarante, por tais motivos, ficado extremamente abalada, assim permanecendo até os dias que correm, justamente porque esses comentários são acessados em fácil pesquisa nas redes sociais. […]”

“Que quer ver processados e responsabilizados penalmente os seus ofensores tão logo sejam identificados e informa que representará contra cada qual assim que suas qualificações estiverem devidamente delineadas nos autos”.

Está correta a primeira-dama. Mas ela poderia aproveitar e explicar por que recebe tanto dinheiro de Fabrício Queiroz e família na sua conta bancária.

Com informações do Estadão.

Bolsonaro aciona PF contra Boulos por críticas nas redes sociais

A Polícia Federal (PF) procurou os advogados do pré-candidato a prefeito de São Paulo, Guilherme Boulos (PSOL), para intimá-lo a prestar esclarecimentos sobre postagens contra presidente Jair Bolsonaro (sem partido) nas redes sociais.

Segundo a coluna da jornalista Mônica Bergamo, no jornal Folha de S. Paulo, a investigação acontece no âmbito de um inquérito aberto no Departamento de Inteligência Policial (DIP).

“O advogado Alexandre Pacheco Martins, que representa Boulos, vai à PF em Brasília, nesta segunda (28), para entender do que se trata”, destaca a coluna.

LEIA TAMBÉM
Reforma tributária: Vem aí congelamento de aposentadorias e imposto sobre as transações e pagamentos eletrônicos

PT vai STF contra omissão do governo Bolsonaro no combate às queimadas no Pantanal e na Amazônia

Lula vence no TSE

Pelo Twitter, Boulos compartilhou a notícia e afirmou que Bolsonaro pretende eleger Celso Russomano (Republicanos) em São Paulo e por isso acionou a PF para tentar intimidá-lo.

“O medo deles do nosso crescimento só mostra que estamos no caminho certo. São Paulo vai ser a capital da resistência!”, escreveu o psolista na rede social.

Compartilhe agora