Maduro anuncia captura de espião dos EUA na Venezuela

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, anunciou nesta sexta-feira (11) a captura de um “espião norte-americano” que buscava coletar informações estratégicas nas refinarias de Amuay e Cardón, localizadas no estado de Falcón, centro-oeste do país.

“Capturamos ontem no Estado de Falcón um espião norte-americano, que estava espionando as refinarias de Amuay e Cardón”, disse Maduro pronunciamento transmitido pela emissora estatal VTV.

De acordo com Maduro, o espião é um fuzileiro naval que serviu para a Agência Central de Inteligência (CIA) dos Estados Unidos no Iraque.

“Estão todas as evidências, as fotografias, os vídeos. Ele foi capturado com armas pesadas especializadas e uma grande quantidade de dinheiro”, disse o presidente.

O Chefe do Executivo venezuelano explicou que essas informações estão em posse do Ministério Público e que o detido está “em fase de declaração” perante as autoridades.

LEIA TAMBÉM
Coletes amarelos voltam à ruas da França neste sábado

Alexandre de Moraes poupa de criticas as fake news da Globo e da Folha

Evangélicos do PT denunciam em carta perseguição política e abuso de autoridade no País

Maduro acrescentou que na última quarta-feira (9), o ministro do Petróleo, Tareck El Aissami, junto com um grupo de engenheiros e cientistas, descobriram e desmontaram “um plano para explodir a refinaria El Palito”, no litoral nordeste, no estado de Carabobo.

Diante disso, o presidente venezuelano disse que mandou reforçar as medidas de segurança interna e externa de todas as refinarias do país.

Com informações da RT