Globo comemora inelegibilidade de Crivella enquanto Record prepara resposta

A Globo comemora a decisão unânime do TRE-RJ, que, nesta quinta (24), tornou inelegível o prefeito do Rio, Marcelo Crivella. Por sua vez, a Record, emissora de TV da Igreja Universal, prepara resposta ainda hoje no “Jornal da Record”.

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella (Republicanos), foi declarado inelegível por seis anos pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ). A decisão por unanimidade, por 7 votos, foi tomada nesta quinta-feira (24).

Crivella alega cerceamento de defesa e afirma que o julgamento é nulo, pois, segundo ele, um dos desembargadores do TRE que votou contra ele, teria sido contrariado em ação que advogou contra a Prefeitura do Rio. A demanda era a encampação do pedágio da Linha Amarela.

De acordo com o TRE-RJ, no julgamento que se encerrou hoje, o prefeito foi condenado também a pagar multa de até R$ 106,4 mil.

A decisão prevê a imediata comunicação ao Juízo Eleitoral responsável pelo registro das candidaturas, independentemente de recurso. A defesa do prefeito diz que ele vai recorrer e que estará apto para concorrer à reeleição em 2020.

A Globo e a Record já vêm se estapeando há alguns meses. A emissora dos Marinho luta para impedir a reeleição de Crivella. A TV do bispo Edir Macedo, ao contrário, torce pela continuidade de seu sobrinho na Prefeitura.

A TV Globo prefere a eleição do ex-prefeito Eduardo Paes (DEM), que já foi seu funcionário em telenovelas. Por isso a emissora dos Marinho comemora o “tapetão” contra Civella.

Veja os números negativos de Bolsonaro no Ibope que o Jornal Nacional não vai mostrar

O Jornal Nacional, da Globo, e o presidente Jair Bolsonaro tem tudo a ver. Eles não se suportam, mas não se largam.

Segundo pesquisa do Ibope, divulgada nesta quinta-feira (24), o governo Bolsonaro é reprovado naquilo que deveria ser o seu objetivo prestacional: saúde, educação, emprego, meio ambiente, impostos, juros, fome e pobreza, inflação.

Apesar de os Marinho, donos da emissora de TV, serem críticos à agenda de costume do bolsonarismo, eles concordam com a pauta econômica do governo. Por isso que a Globo não mostra a íntegra da pesquisa negativa ao inquilino do Palácio do Planalto.

Por isso, logo mais, às 20h30, não espere esses números do Ibope:

Combate ao desemprego

  • Aprova: 37%;
  • Reprova: 60%;
  • Não sabe/não respondeu: 3%

Combate à fome e à pobreza

  • Aprova: 48%;
  • Reprova: 49%;
  • Não sabe/não respondeu: 3%

Meio ambiente

  • Aprova: 37%;
  • Reprova: 57%;
  • Não sabe/não respondeu: 6%.

Saúde

  • Aprova: 43%;
  • Reprova: 55%;
  • Não sabe/não respondeu: 2%.

Educação

  • Aprova: 44%;
  • Reprova: 52%;
  • Não sabe/não respondeu: 3%

Combate à inflação

  • Aprova: 38%;
  • Reprova: 56%;
  • Não sabe/não respondeu: 6%

Taxa de juros

  • Aprova: 30%;
  • Reprova: 64%;
  • Não sabe/não respondeu: 7%

Impostos

  • Aprova: 28%;
  • Reprova: 67%;
  • Não sabe/não respondeu: 5%
Compartilhe agora