Globo “afrouxa a tanga” para Bolsonaro enquanto escolas particulares suspendem aulas

A TV Globo “afrouxou a tanga” e começou a dar razão para o presidente Jair Bolsonaro ao defender, em seus veículos de comunicação, a volta às aulas e o fim dos embargos por conta da pandemia do novo coronavírus.

A Globo formou linha com o presidente para defender o retorno às aulas presenciais nas escolas da rede pública e privada de todo o país.

O diabo é que a experiência da volta não foi muito positiva em São Luís, no Maranhão, por exemplo. Lá, segundo a prefeitura, três escolas da rede particular de ensino suspenderam nas últimas 48 horas as aulas presenciais após professores e alunos testarem positivo para a Covid-19.

Apesar da evidência de que a normalidade só será possível após a vacinação contra o vírus, a Globo agora pensa o mesmo que Bolsonaro: voltar a qualquer custo.

A Globo tem incentivado em seus telejornais a volta às aulas presenciais sobretudo em São Paulo. O governo do estado paulista disse que retornará no próximo dia 7 de outubro.

O Brasil tem 136.532 morte e 4.528.240 casos de coronavírus neste sábado (19), segundo dados oficiais do Ministério da Saúde.

Bolsonaro tem razão, Globo?

Centrão entra em pânico com 10 novas fases da Lava Jato

s partidos adquiridos pelo presidente Jair Bolsonaro, agrupados no Centrão, entraram em pânico com a informação de que haverá ao menos 10 novas fases nos próximos meses.

O último a ser alvo da força-tarefa de Curitiba foi o líder do governo no Congresso, o deputado Ricardo Barros (PP-PR), que relatou na Câmara a lei de abuso do poder.

Segundo o Estadão, quatro dessas fases estão prontas para serem deflagradas “com ordens de prisões, buscas e apreensões e quebras de sigilos da Justiça”.

Deputados e senadores, de todos os partidos, se sentiram ameaçados com a informação vazada pela força-tarefa do Paraná.

A Lava Jato de Curitiba pediu à Procuradoria-Geral da República (PGR) uma sobrevida continuar barbarizando na política e vandalizando a Constituição.

A força-tarefa afirma ainda que negocia cinco delações premiadas que poderiam abrir ao menos 40 novas frentes de investigação.

O Centrão, que apoia Bolsonaro, ameaça pular fora do barco já.

Quanto à ameaça da Lava Jato, de fazer até 10 operações, pode ser encarada como mais uma chantagem. Um horror. Mais um atentado contra o Estado Democrático de Direito.

Compartilhe agora