Eduardo Fauzi, autor do ataque à sede do Porta dos Fundos, é preso na Rússia

O Ministério da Justiça e Segurança Pública informou nesta sexta-feira (4) que Eduardo Fauzi, um dos autores do ataque com coquetel molotov à sede da produtora Porta dos Fundos, foi preso pela Interpol em Moscou, na Rússia.

O atentado contra à sede do Porta dos Fundos, que fica localizada na zona sul do Rio de Janeiro, aconteceu no dia 24 dezembro de 2019 e foi motivado por um especial de natal do grupo de humor. O filme, produzido para a Netflix, retrata Jesus Cristo como homossexual.

LEIA TAMBÉM
Terrorista do ataque à Porta dos Fundos diz que segue Bolsonaro

Suspeito de ser um dos terroristas do ataque à Porta dos Fundos posta vídeo; assista

Terrorista que atacou Porta dos Fundos é ‘bolsonarista’ do PSL

Segundo as investigações da Polícia Civil do Rio, cinco pessoas participaram do ataque. Eduardo Fauzi foi reconhecido em uma das gravações de câmeras de segurança que captaram a ação.

A extradição de Fauzi já está sendo providenciada junto às autoridades russas.