Deputado prevê “amanhã” prisão de Bolsonaro

O deputado Ivan Valente (PSOL-SP), ao comentar a prisão decretada da filha de Roberto Jefferson, nesta sexta-feira (11), afirmou no Twitter que “amanhã” será vez do filho presidente Jair Bolsonaro ter o mesmo destino.

“Amanhã será o do Bolsonaro. Aguarde, Flávio”, previu de forma lacônica, se referindo ao senador Flávio Bolsonaro (Repúblicanos-RJ).

De acordo com o tuíte do parlamentar do PSOL, os bolsonaristas se encontram na tênue linha entre o ódio e o crime.

“Cristiane Brasil, filha do corrupto Roberto Jefferson, tem a prisão decretada” disse Valente, para então observar: “Os bolsonaristas se encontram no ódio e no crime.”

Ivan Valente arrematou com uma previsão bombástica: “Hoje foi a filha de Jefferson. Amanhã será o do Bolsonaro. Aguarde, Flávio.”

LEIA TAMBÉM

  • Flávio Bolsonaro: MP-RJ vai apresentar denúncia sobre os crimes de peculato e lavagem de dinheiro
  • Crescem os indícios de lavagem de dinheiro em loja de Flávio Bolsonaro
  • Petistas acionam CNMP contra procuradora que supostamente beneficiou Flávio Bolsonaro
  • [Vídeo] JN mostra lavagem de dinheiro em loja de Flávio Bolsonaro
  • É tanto dinheiro que Flávio Bolsonaro nem lembra como comprou imóveis
  • Filha de Roberto Jefferson é procurada pela polícia no Rio

    A ex-deputada federal Cristiane Brasil, filha do também ex-deputado federal Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB, está foragida. Há um mandado de prisão contra ela.

    Cristiane não estava em casa na hora em que o “Japonês” tocou a campainha. Segundo a assessoria da ex-parlamentar, ela não está no Rio e irá se apresentar à polícia ainda nesta sexta-feira (11).

    A ex-deputada Cristiane Brasil foi secretária de Envelhecimento Saudável da Prefeitura do Rio e chegou a ser nomeada ministra do Trabalho no governo Michel Temer, mas teve a posse suspensa pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por conta de condenações na Justiça Trabalhista.

    Seu pai, Roberto Jefferson, recentemente, se converteu a um fanático apoiador do presidente Jair Bolsonaro. Pelo novo aliado, o presidente do PTB disse que até pega em armas.

    Jefferson foi condenado pelo mensalão e esteve preso um período. O presidente nacional do PTB, na história recente, participou praticamente de todos os escândalos envolvendo corrupção na República.

    Por conta disso, a ex-deputada Cristiane Brasil afirma que está sendo perseguida politicamente.

    “Tiveram oito anos para investigar essa denúncia sem fundamento, feita em 2012 contra mim, e não fizeram pois não quiseram”, disse a ex-deputada. “Mas aparecem agora que sou pré-candidata a prefeita numa tentativa clara de me perseguir politicamente, a mim e ao meu pai”, declarou Cristiane, por meio de nota.

    O Ministério Público do Rio de Janeiro e a Polícia Civil afirmam que o esquema pode ter desviado R$ 30 milhões dos cofres públicos.

    Dentre os presos na operação de hoje estão o secretário estadual de Educação do Rio de Janeiro, Pedro Fernandes. Além dele, foram presos Flavio Salomão Chadud (empresário),
    Mario Jamil Chadud (ex-delegado e pai de Flavio) e João Marcos Borges Mattos (ex-diretor de administração financeira da Fundação Leão XIII).vvvv