Bolsonaro recebe alta neste sábado após passar por cirurgia

O presidente Jair Bolsonaro recebeu alta do Hospital Israelita Albert Einstein no início da tarde deste sábado (26). Segundo boletim divulgado pelo hospital, Bolsonaro recebeu alta hospitalar às 13h30. De acordo com a Secretaria Especial de Comunicação Social do Ministério das Comunicações, Bolsonaro desembarca em Brasília ainda neste sábado.

“O Presidente da República Jair Bolsonaro, internado desde a manhã desta sexta-feira (25), no Hospital Israelita Albert Einstein, recebeu alta hospitalar nesta tarde às 13h30”, disse o boletim assinado pelos médicos Leandro Santini Echenique, cardiologista, Leonardo Lima Borges, urologista, e Miguel Cendoroglo, Diretor-Superintendente do Hospital Israelita Albert Einstein.

Bolsonaro estava internado desde a manhã desta sexta-feira (25) no hospital, onde se submeteu a uma cirurgia para retirada de cálculo na bexiga. Boletim médico divulgado hoje pela manhã informou que foi retirada a sonda para que ele urine normalmente.

“O Excelentíssimo Presidente da República Jair Bolsonaro segue com ótima evolução clínica e sem complicações cirúrgicas. Não apresenta sangramentos e está afebril. Foi retirada a sonda vesical para que ele urine espontaneamente. O paciente está recebendo hidratação oral e caminhando fora do quarto”, disse o boletim.

*Com informações da Agência Brasil

LEIA TAMBÉM:

Querida, onde estão os 67 milhões de desempregados?

Globo peita TSE ameaçando cancelar debates com candidatos a prefeito

Argentina vira alvo de bolsonaristas após Papa Francisco alertar sobre a Amazônia

Isso a Globo não mostra: dona de casa vai à Justiça contra Bolsonaro por mil dólares no auxílio emergencial

Não espere assistir essa reportagem no Jornal Nacional da TV Globo.

Uma dona de casa do Rio de Janeiro decidiu ir à Justiça cobrar o auxílio emergencial de US$ 1 mil, citado pelo presidente Jair Bolsonaro no discurso da ONU.

A ação de cobrança da dona de casa reivindica os mil dólares, cerca de R$ 5,5 mil pela cotação atual da moeda americana, haja vista que ela só recebeu R$ 2,4 mil de ajuda governamental por meio do auxílio emergencial na pandemia.

Segundo a reclamante fluminense, ela só recebeu quatro parcelas de R$ 600, como os demais beneficiários, totalizando R$ 2,4 mil até a data do discurso.

Diferente do discurso de Bolsonaro na ONU, se uma pessoa recebeu todas as parcelas do auxílio emergencial, ela recebeu no máximo 776 dólares ou o equivalente a R$ 4,2 mil.

Bolsonaro discursou na abertura da 75ª Assembleia Geral da ONU na última terça-feira, dia 22 de setembro.

Na ação judicial da dona de casa, ela argumenta que “… busca a presente pretensão o pagamento da diferença entre o valor recebido e o valor declarado pelo Presidente, de modo a materializar fielmente o benefício financeiro que foi destinado aos brasileiros, segundo expressamente proclamado pelo Chefe maior do estado” e, por meio de suas advogadas, a mulher afirma que o valor recebido teve “importantíssima relevância”, mas que não foi o suficiente para gastos como saúde, educação e moradia.

A dona de casa pede ainda dano moral na ação contra o presidente Jair Bolsonaro, totalizando a causa em R$ 9.420.

Isso a Globo não mostra.

Compartilhe agora