Bolsonaro fujão, dizem as redes sociais

As redes sociais não perdoaram o presidente Jair Bolsonaro, que nesta quinta-feira (17) conseguiu driblar o depoimento presencial na Polícia Federal.

Os internautas subiram a tag #BolsonaroFujao para se referirem à decisão do ministro Marco Aurélio Mello, do STF, de suspender o inquérito até plenário da corte manifestar-se sobre o depoimento pessoal de Bolsonaro depõe pessoalmente.

O ministro Celso de Mello, em decisão anterior, havia determinado que Bolsonaro depusesse presencialmente no inquérito acerca da interferência na PF. O presidente da República, no entanto, queria fazê-lo por escrito.

Como o decano está de licença médica, um recurso da AGU (Advocacia-Geral da União) caiu para a relatoria de Marco Aurélio, que, além de suspender o inquérito, levou a questão para o plenário do STF.

Para as redes sociais, que não perdoam nem a mãe, Bolsonaro se acovardou e fugiu.

“O homem que disse pra enfrentar a Covid ‘como homem, pô, não como moleque’ e que ‘tem que enfrentar, não adianta se acovardar’, agora está correndo do depoimento à PF.
É só um inqueritozinho, Bolsonaro! Para de fugir!”, criticava um tuíte. “Isso merece um Twittaço. Bora subir sem dó: #BolsonaroFujão”, convocou.

“Considerada a notícia da intimação para colheita do depoimento entre 21 e 23 de setembro próximos, cumpre, por cautela, suspender a sequência do procedimento, de forma a preservar o objeto do agravo interno e viabilizar manifestação do Ministério Público Federal”, decidiu Marco Aurélio Mello.

Compartilhe agora