Bolsonarista prevê que Rodrigo Maia dará entrada ao impeachment de Bolsonaro no final deste ano

O jornalista Oswaldo Eustáquio, um dos investigados no inquérito do STF sobre os atos antidemocráticos bolsonaristas, prevê que Rodrigo Maia (DEM-RJ) acatará um dos pedidos de impeachment do presidente Bolsonaro no final do seu mandato como presidente da Câmara.

O raciocínio de Oswaldo é que Maia dará entrada ao processo de impedimento por vingança, por ter sido “derrotado” pelo bolsonarismo.

Leia o que escreveu o jornalista:

“Depois que denunciei a trama de um golpe contra Bolsonaro, o povo foi para as ruas e juntos garantimos a governabilidade. Maia enfraqueceu, já aceitou a derrota e se prepara para deixar a presidência da Câmara. Vai cair atirando com o pedido de impeachment no dia 18/12.”

E continua: “Em tempo, para que fique claro, Maia ao apagar das luzes, no dia 18 de dezembro planeja pedir abertura de impeachment de Bolsonaro. Por isso é importante o fortalecimento do presidente com o Congresso.”

O que Oswaldo e os bolsonaristas em geral não percebem é que Rodrigo Maia é mais bolsonarista que eles. Se não fosse, já teria aberto o processo de impeachment antes de Bolsonaro cooptar o Centrão.

Agora, Bolsonaro é Centrão e o Centrão é Bolsonaro. Quem está fora na verdade são os bolsonaristas como Oswaldo. Até a esposa dele, Sandra Terena, já foi defenestrada do ministério de Damares. Ô, dó.

LEIA TAMBÉM

Bolsonaro entra no debate contra o candidato Joe Biden dos EUA

Ex-garimpeiro, Bolsonaro prepara liberação da mineração em terras indígenas

Considerada “gripezinha” por Bolsonaro, covid-19 já matou mais de 1 milhão de pessoas no mundo

Compartilhe agora