Bolsonarista “Aos Fatos” entra em desespero com discurso de Lula

#AosFatos ou #AosFakes?

O braço bolsonarista da velha mídia “Aos Fatos”, que se arvora dona da verdade, entrou em desespero com o pronunciamento que o ex-presidente Lula irá fazer nesta quinta-feira (24).

Os bolsonaristas que se fingem de “isentões” ficaram malucos com a informação publicada aqui no Blog do Esmael, após o discurso de Jair Bolsonaro na ONU, que foi um fiasco mundial.

“Estou checando uma publicação feita no seu site a pedido dos usuários do Facebook”, disse um repórter de “Aos Fatos” [também se arvorando “prefeito” do Facebook]. Note que o pedido da checagem supostamente surgiu de “usuários do Facebook” –principal plataforma de disseminação de fake news e fraude eleitoral em 2018, de acordo com processos de cassação de Bolsonaro e Mourão no TSE.

“A publicação sugere que Lula teria sido convidado para discursar após o discurso de Bolsonaro”, escreve o “prefeito” do Facebook. “Mas tem umas distorcções [sic] nessa publicação: primeiro, que o evento não é da ONU, mas da ICESCO, com parceria da ONU e do Instituto Lula. Segundo que o evento já estava programado (e a participação de Lula também) antes do discurso do presidente Bolsonaro.”

Ocorre que o “prefeito bolsonarista” de “Aos Fatos” deveria observar as fontes primárias, isto é, o próprio Partido dos Trabalhadores.

O deputado Zeca Dirceu (PT-PR), um dos líderes do partido na Câmara e da direção nacional, em seu perfil oficial, por exemplo, comemorou o convite da relatora da ONU para discursar sobre seminário internacional.

“Lula é convidado de honra de relatora da ONU e vai discursar em seminário internacional sobre direito à educação”, escreveu no Facebook o parlamentar petista. “Enquanto o presidente fake news é motivo de piada mundial”, emendou Zeca Dirceu.

O Instituto Lula entrou em contato com o Blog do Esmael e jurou que o evento da “ONU que não é ONU”, segundo o “prefeito do Facebook”, fora agendado antes do discurso de Bolsonaro. Nós registramos o contraditório da entidade lulista, porém, parlamentares do PT, não usuários do Facebook, fizeram manifestação semelhante ao desta página plural e suprapartidária.

As fontes de “Aos Fatos”, se é que existem, são mais frágeis que o discurso de Bolsonaro na ONU.

A polêmica é falsa, mas ajuda Bolsonaro e a velha mídia.

Portanto, “Aos Fatos” deveria ser rebatizado como “Aos Fakes”, pois dissemina mentiras e notícias falsas a serviço do bolsonarismo e da velha mídia. Ou seria a serviço de alguma facção obscura? Nós vamos investigar isso. Nós voltaremos ao assunto.

Compartilhe agora