Aplicativos chineses TikTok e WeChat serão banidos das App Stores dos EUA no domingo

O Departamento de Comércio dos Estados Unidos decidiu restringir o acesso aos aplicativos chineses TikTok e WeChat a partir deste domingo (20), de acordo com um comunicado à imprensa do órgão governamental.

Segundo o comunicado, a partir de domingo qualquer ação para distribuir ou manter WeChat ou TikTok em lojas de aplicativos será proibida nos EUA. Da mesma forma, não será possível hospedar ou transferir o tráfego da internet associado ao WeChat a partir de 20 de setembro. A mesma medida será aplicada ao TikTok a partir de 12 de novembro.

LEIA TAMBÉM
Fome volta a rondar 10 milhões de brasileiros, diz IBGE

STF dá 48 horas para Força Nacional deixar assentamento do MST no sul da Bahia

O Departamento de Comércio também proibirá qualquer prestação de serviços por meio do aplicativo móvel WeChat com a finalidade de transferir fundos ou processar pagamentos dentro do território dos EUA.

“As ações de hoje demonstram mais uma vez que o presidente Trump fará tudo ao seu alcance para garantir nossa segurança nacional e proteger os americanos das ameaças do Partido Comunista Chinês”, disse o Secretário de Comércio Wilbur Ross. “Sob a liderança do presidente, tomamos medidas significativas para combater a coleta maliciosa de dados pessoais de cidadãos americanos pela China, ao mesmo tempo que promovemos nossos valores nacionais, normas baseadas em regras democráticas e aplicação agressiva das leis e regulamentos dos EUA “, acrescentou.

Recentemente, a chinesa ByteDance, dona do TikTok, propôs uma parceria com a fabricante norte-americana de softwares Oracle para evitar que a rede social seja bloqueada nos EUA. O acordo, porém, depende da aprovação do governo Trump.

Com informações da RT

Compartilhe agora