Lula diz que CNMP desmoraliza a Justiça ao arquivar ‘caso do power point’

Em nota, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva criticou a decisão do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), na terça-feira (25), que arquivou o caso do Power Point, uma farsa montada pelo procurador Deltan Dallagnol para forjar uma condenação do líder petista.

O CNMP optou pelo arquivamento baseado na “prescrição” antecipada do caso, que ocorreria em 14 de setembro, depois de adiado 42 vezes. O processo foi aberto no dia 15 de setembro de 2016. O advogado da defesa de Lula, Cristiano Zanin, alertou que “reconhecer a prescrição por antecipação para não investigar seria prestigiar a impunidade”.

O arquivamento do processo causou indignação. “Ao permitir, por meio de adiamentos sistemáticos, a prescrição do julgamento da farsa do Power Point, construída contra o ex-presidente Lula, o Conselho Nacional do Ministério Público tornou-se conivente com uma ilegalidade, maculando o próprio Ministério Público”, afirmou a ex-presidenta Dilma Rousseff.

“Sobrou corporativismo e faltou isenção e firmeza ao CNMP”, reagiu Dilma. “O julgamento dos abusos de Dallagnol fora adiado 42 vezes. Hoje, a maioria havia opinado pela abertura do processo, mas uma manobra levou ao arquivamento do caso por prescrição, com um vexaminoso placar de 10 a 0”.

LEIA TAMBÉM:

Carol Proner propõe mudar nome de Deltan Dallagnol para ‘Deltan Powerpoint Dallagnol’

PSOL pede convocação do ministro da Educação para explicar renúncia orçamentária em favor dos militares

Polícia suspeita que Flordelis e marido foram a casa de ‘suruba’ na noite do crime

Leia a íntegra da nota do ex-presidente Lula:

Hoje percebi como um Conselho que foi criado enquanto eu era presidente, acreditando que poderia moralizar a Justiça, terminou por desmoralizá-la.

A decisão do CNMP, que sabe que Dallagnol é culpado, embora não tenha tido coragem de inocentá-lo, será uma página que ficará para a história como vergonha para o Ministério Público.

O MP precisa compreender que toda responsabilidade que a legislação lhe deu em sua criação exige um comportamento exemplar, para merecer respeito da sociedade.

É uma pena que uma instituição que poderia ser tão nobre na prestação de serviço à sociedade brasileira seja empobrecida por alguns de seus membros.

Luiz Inácio Lula da Silva