Gleisi sobre julgamento do PowerPoint de Dallagnol: ‘Será uma vergonha adiar o caso pela 41ª vez’

A presidenta nacional do PT, deputada federal Gleisi Hoffmann (PR), usou as redes sociais para cobrar que Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) mantenha o julgamento conta o procurador Deltan Dallagnol, coordenador da Lava Jato em Curitiba.

LEIA TAMBÉM
É possível derrotar a normalização da mentira, por Enio Verri

Flávio Dino diz que Bolsonaro só inaugura obras de Lula e Dilma no Nordeste

Dilma: Moro e Palocci foram desmascarados, o que fará o Poder Judiciário?

Previsto para acontecer nesta terça-feira (18), o julgamento é sobre a apresentação do PowerPoint feita pelo procurador em 2016 que apontou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) como o personagem central do esquema de corrupção na Petrobras.

“O CNMP tem hoje a última chance de mostrar a que veio e julgar o escândalo do powerpoint. Será uma vergonha adiar o caso pela 41ª vez e salvar Dallagnol pela prescrição, que ele tanto criticava. É com atitudes corporativas que uma instituição se condena ao descrédito”, escreveu a dirigente petista no Twitter.

Decisões do STF
Na segunda-feira (17), o ministro Celso de Mello suspendeu outros dois processos contra Dallagnol que também seriam julgados nesta terça-feira pelo CNMP. Mais cedo, ainda na segunda-feira, o ministro Luiz Fux havia suspendido os efeitos da sanção de advertência imposta pelo Conselho ao procurador no ano passado.