Debandada na Economia: Subsecretário de Política Macroeconômica deixa cargo

O subsecretário de Política Macroeconômica do Ministério da Economia, Vladimir Kuhl Teles, deixou o cargo nesta segunda-feira (17). A saída de foi oficializada no Diário Oficial da União.

Teles era o número dois da Secretaria de Política Econômica do ministério, comandada por Adolfo Sachsida.

Ao portal de notícias G1, Vladimir Teles afirmou que a saída foi motivada por razões pessoais. Disse também que voltará para São Paulo, onde é professor da Fundação Getúlio Vargas.

LEIA TAMBÉM
Bolsonaro acredita ser o sucessor natural de Lula no Nordeste; assista

Secretário da falta de Cultura de Bolsonaro quer mandar no Oscar

Militares com orçamento superior o da Educação em 2021 propõe governo

Além de Teles, outros seis integrantes da equipe econômica já abandonaram o governo. O ministro da Economia, Paulo Guedes, tem classificado a saída de seus auxiliares como “debandada”.

Confira quem são os outros seis:

•Mansueto Almeida (Secretário do Tesouro Nacional);

•Rubem Novaes (Presidente do Banco do Brasil);

•Joaquim Levy (Presidente do BNDES);

•Caio Megale (Diretor de programas da Secretaria Especial de Fazenda);

•Salim Mattar (Secretário de Desestatização);

•Paulo Uebel (Secretário da Desburocratização).