Covid-19: Mundo ultrapassa 700 mil mortes; EUA e Brasil lideram casos

A pandemia do novo coronavírus continua avançando pelo mundo e ultrapassou a marca de 700.000 mortes nesta semana. Os países que mais mortes registraram até agora foram Estados Unidos com cerca de 160.000 mortes e Brasil com mais de 96.000. A América Latina segue sendo a região com mais mortes no mundo, com 200.000 mortes.

Segundo dados da Universidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos, são 701.278 óbitos pela doença e mais de 18,5 milhões de casos de infecção pelo novo coronavírus. Os EUA seguem como o país com a maior quantidade de falecimentos desde o início da pandemia, com 156.839. Logo atrás, aparecem o Brasil, com 95.819; e México, com 48.869. Em quarto, está o Reino Unido, europeu com mais óbitos, 46.295 registros de óbitos.

A Índia está em quinto lugar, com 39 mil; seguido por Itália, com 35 mil, e Espanha, com 28 mil, ainda de acordo com as informações recolhidas pela universidade norte-americana.

LEIA TAMBÉM:

Protesto contra Bolsonaro tem carreata em marcha à ré em São Paulo

Lava Jato tem interesses políticos e econômicos, diz Flávio Bolsonaro

Covid-19: Presidência da República registra 178 casos entre servidores

De acordo com informações da instituição, até esta quarta-feira (5) foram confirmados 18.566.769 de casos de infecção pelo novo coronavírus, com os Estados Unidos aparecendo na liderança do ranking dos afetados, com mais de 4,77 milhões de ocorrências. Na sequência, aparecem o Brasil, com 2,8 milhões; a Índia, com 1,9 milhão; a Rússia, com quase 900 mil. Logo depois, na ordem, estão África do Sul, México, Peru, Chile, Colômbia e Irã.