China detectou o Coronavírus na carne de frango importada do Brasil

Autoridades chinesas anunciaram nesta quinta-feira (13) que detectaram o coronavírus na carne de frango importado do Brasil.

As amostras foram coletadas em asas de frango congeladas, informou em um comunicado a prefeitura de Shenzhen (sul), perto de Hong Kong. O vírus também foi detectado em camarões do Equador.

A China submeteu imediatamente a exames de diagnóstico as pessoas que tiveram contato com os produtos contaminados, assim como seus parentes. Todos os testes apresentaram resultado negativo, segundo o comunicado.

A contaminação do frango pode provocar uma nova queda das exportações brasileiras para a China. Em fevereiro de 2019, Pequim passou a aplicar por cinco anos tarifas antidumping ao frango brasileiro.

O Brasil é o maior produtor mundial de carne de frango, e era até 2017 o principal fornecedor de frango congelado para a China.

Nos últimos anos o país perdeu parte do mercado para Tailândia, Argentina e Chile, de acordo com a consultoria especializada Zhiyan.

A China – onde o coronavírus foi detectado pela primeira vez, no fim de 2019 – controlou em grande medida a epidemia, segundo os dados oficiais. Nesta quinta-feira, o país anunciou um balanço diário de 19 contágios. A última morte provocada pelo vírus aconteceu em maio.

LEIA TAMBÉM
Lula pede cassação de Eduardo Bolsonaro por entregar dossiê de antifascistas aos EUA

Bolsonaro fecha acordão com Centrão pela redução salarial e mais recessão

Congresso derruba veto de Bolsonaro à regulamentação da profissão de historiador

O Brasil é o segundo país do mundo mais afetado pela Covid-19, atrás dos Estados Unidos, com mais de 104 mil mortes e 3,16 milhões de casos.

Com informações do Portal Vermelho.