Só love: PSB convida Flávio Dino para se filiar e disputar presidência

O presidente nacional do Partido Socialista Brasileiro (PSB), Carlos Siqueira, convidou o governador do Maranhão, Flávio Dino, para ingressar na legenda dos socialistas e disputar a presidência da República em 2022.

Flávio Dino, filiado ao PCdoB, é um dos pré-candidatos à presidência da República em 2022. Analistas políticos indicam que, no PSB, Dino teria mais possibilidades de atrair alianças de centro e de partidos de direita, além de um fundo eleitoral mais robusto e mais tempo de televisão.

“Abri as portas do PSB para o Flávio Dino, que é um ótimo nome. Mas se ele aceitar e vier, tem que ser porque se reconhece alinhado com as propostas do partido. E não por um projeto presidencial. O nome do partido para 2022 ainda será discutido internamente”, frisou Siqueira.

Procurado, Flávio Dino afirmou que um “rearranjo” nos partidos políticos é esperado após as eleições municipais, previstas para novembro deste ano. Segundo ele, a aglutinação é uma tendência que acompanhará não só a esquerda.

LEIA TAMBÉM:

Estátua de Melania Trump é queimada na Eslovênia

PT vai ao STF contra os vetos de Bolsonaro na lei das máscaras

A casa caiu: Toffoli obriga Lava Jato a compartilhar todos os dados com a PGR

Ele mencionou relação anterior com o partido e destacou que com as mudanças nas regras eleitorais, como o fim da coligação proporcional, candidatos de partidos menores terão muita dificuldade de se eleger para a Câmara dos Deputados.

Flávio Dino tem participado de conversas públicas na internet com ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), Ciro Gomes (PDT) e também com o presidente da Câmara dos Deputados Rodrigo Maia (DEM).

Dino é defensor da tese da “Frente Ampla”, uma proposta de aliança da esquerda com lideranças e partidos políticos da direita tradicional, como PSDB, DEM e MDB.

*Com informações de O Globo