PT aciona MPF e TCU contra irregularidades na Petrobras

Publicado em 23 julho, 2020

Parlamentares da Bancada do PT na Câmara entraram com representações no Ministério Público Federal (MPF) no Distrito Federal; e no Tribunal de Contas da União (TCU) denunciando as irregularidades nos processos de desinvestimentos e venda de ativos (Refinarias) pela Petrobras.

Segundo a ação, assinada pelo líder, Enio Verri (PT-PR), pela presidenta Nacional do PT, deputada Gleisi Hoffmann (PR) e parlamentares da bancada, essas irregularidades vão na contramão à decisão do Supremo Tribunal Federal de que a venda de ações das sociedades de economia mistas ou de suas subsidiárias ou controladas exige prévia autorização legislativa, sempre que se cuide de alienar o controle acionário.

.

“A Petrobras, numa manobra espúria, visando a continuidade de seu programa de privatização, inclusive da empresa matriz (para venda de suas Refinarias), está não apenas burlando de forma inconstitucional, criminosa e imoral a decisão do Supremo Tribunal Federal, como entabulou uma estratégia comercial e/ou ‘jurídica’, para se furtar, de forma aparentemente legal, ao conteúdo do referido comando jurisdicional e, consequentemente, à deliberação do Parlamento”, denunciam os petistas no documento.

LEIA TAMBÉM
Casos de Covid-19 no sistema prisional aumentam quase 100% em 30 dias

Bolsonaro derruba deputada Bia Kicis da vice-liderança do governo no Congresso

.

Após pressão, filha de Braga Netto desiste de ‘boquinha’ na ANS

Os parlamentares requerem que o MPF instaure procedimentos investigativos – civis e criminais – para avaliar o conteúdo da denúncia e adote as providencias legais cabíveis, inclusive cautelares, para acabar com as irregularidades preservando o patrimônio brasileiro.

Leia a íntegra das ações:

.

Representação-ao-MP-Contas-TCU

Do PT na Câmara