Geddel é diagnosticado com Covid-19 em presídio na Bahia

O ex-ministro Geddel Vieira Lima foi diagnosticado com a Covid-19. Ele está preso no Complexo Penitenciário da Mata Escura, em Salvador, pela condenação no caso do bunker dos R$ 51 milhões.

De acordo com a Secretaria de Administração Penitenciária e Ressocialização da Bahia, Geddel fez o teste rápido na manhã ontem (8) e o resultado deu positivo para o novo coronavírus. Pela tarde, ele fez outro teste de contraprova e o resultado deve sair entre hoje (9) e amanhã (10).

Geddel foi ministro da Integração Nacional no governo Lula (PT) e da Secretaria de Governo da gestão Michel Temer (MDB). Em julho de 2017, ele foi preso preventivamente após a Polícia Federal (PF) apreender R$ 51 milhões em dinheiro em um apartamento atribuído a ele em Salvador.

LEIA TAMBÉM:

Caiu na rede: Bolsonaro faz propaganda da ‘Cloroquina Patriota’; assista

STF vai julgar suspeição de Moro em agosto, diz Gilmar Mendes

Faísca atrasada, Globo descobre que Brasil ‘pode’ entrar em depressão econômica

Em 2019, Geddel foi sentenciado a 14 anos de prisão pela Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) por associação criminosa e lavagem de dinheiro.

Em março deste ano, o ministro Luiz Edson Fachin, do STF, negou pedido de prisão domiciliar a Geddel. Na ocasião, os advogados do ex-ministro pediram o benefício argumentando que o ele se enquadrava nas condições de risco em relação a Covid-19 – idoso com doença crônica.

Ao negar a prisão domiciliar, Fachin afirmou que Geddel estava em “cela individualizada” com todas as providências tomadas para a prevenção da transmissão do coronavírus no local.

Com informações do Uol.