Ford-BA

Efeito Bolsonaro: Ford na Bahia suspende por 90 dias contratos de 1.600 trabalhadores

A Ford decidiu suspender temporariamente os contratos de 1.000 trabalhadores da fábrica situada em Camaçari, na Região Metropolitana de Salvador. Além disso, outros 600 terceirizados terão os vínculos suspensos entre 1º de agosto e 31 de outubro.

De acordo com a companhia, a suspensão tem o objetivo de “adequar o volume de produção à menor demanda do consumidor nessa situação sem precedentes”, diante da pandemia do novo coronavírus.

Na última sexta-feira (17), a prefeitura de Camaçari afirmou, em nota, que acompanha a decisão da Ford e indicou que mantém diálogo permanente com a Ford e com todo o setor industrial da cidade.

LEIA TAMBÉM:

Parlamentares entram com notícia-crime contra Bolsonaro por associar a pedofilia à esquerda

Bolsonaro faz live alimentando as “emas comunistas” do Palácio da Alvorada; assista

Bolsonaristas atacam Felipe Neto por causa de vídeo no New York Times

Durante os 90 dias de suspensão, os trabalhadores continuarão recebendo seus salários, sendo que parte será paga pela empresa e parte pelo governo federal.

“Com esta crise, a Ford optou por esta suspensão dos contratos, conhecida como layoff. Nós mantemos diálogo permanente com a empresa e tenho certeza que, tão logo superemos esta crise sanitária, a Ford retomará suas atividades, mantendo os empregos. O cenário é muito difícil, mas continuaremos tomando todas as medidas necessárias para dar apoio ao setor produtivo de Camaçari”, afirmou o prefeito de Camaçari, Elinaldo Araújo (DEM).

*Com informações de Bahia Notícias