Corregedor do MP abre investigação contra Dallagnol por críticas a Toffoli

Publicado em 22 julho, 2020

O Corregedor Nacional do Ministério Público, Rinaldo Reis Lima, determinou hoje (22) a abertura de uma reclamação disciplinar contra o coordenador da Lava Jato no Paraná, procurador Deltan Dallagnol.

Dallagnol criticou nesta terça-feira (21), por meio de mensagens publicadas em seu Twitter, a decisão do presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli, de suspender uma ordem de busca e apreensão no gabinete do senador José Serra (PSDB-SP).

.

Nas mensagens, o coordenador da Lava Jato classificou a decisão do presidente do STF de “equivocada” e “casuística”.

LEIA TAMBÉM
Paulo Pimenta pede à PGR reabertura de investigações sobre denúncia de Tacla Duran contra Lava Jato

A direita chama o bolsonarismo à ordem

.

Molon desmente Bolsonaro: “O governo fez de tudo para adiar o Fundeb e retirar dinheiro do Fundo”

Esta não é a primeira reclamação disciplinar contra Dallagnol envolvendo o Supremo. Em novembro do ano passado, o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) puniu o procurador com uma advertência por falar numa entrevista à rádio CBN que os ministros do STF eram lenientes com a corrupção.

Com informações do Estadão.