Banco Central vai lançar nota de R$ 200 estampada pelo lobo-guará

Publicado em 29 julho, 2020

O Banco Central (BC) informou nesta quarta-feira (29) que o Conselho Monetário Nacional (CMN) aprovou o lançamento de uma cédula de 200 reais, que terá como personagem o lobo-guará.

A previsão é de que a nova cédula deverá entrar em circulação no final de agosto, com estimativa de serem impressas 450 milhões de cédulas neste ano.

.

O animal que vai estampar a nova cédula é o lobo-guará. É uma espécie ameaçada de extinção.

Nas redes sociais, internautas provocaram uma avalanche de memes com sugestões de imagens para a nova cédula.

LEIA TAMBÉM:

.

Centrais sindicais convocam protesto contra Bolsonaro para agosto

Mamata verde-oliva: Pazuello nomeia amiga para gerir Saúde em Pernambuco

Brasil bate novo recorde com 1.664 óbitos e passa de 90 mil mortes por Covid-19

.

Renault: Impasse continua e greve dos metalúrgicos continua por tempo indeterminado

Após uma semana de greve na planta da Renault, de São José dos Pinhais, na Grande Curitiba, os trabalhadores decidiram em assembleia continuar com a greve por tempo indeterminado até a readmissão dos 747 metalúrgicos dispensados pela montadora.

O encaminhamento foi aprovado em assembleia, na tarde de terça-feira (28), conduzida pela direção do Sindicato dos Metalúrgicos da Grande Curitiba (SMC) na rotatória próxima a entrada principal da montadora situada em São José dos Pinhais.

.

Os metalúrgicos também decidiram que todos os dias serão realizadas assembleias explicativas ou deliberativas caso a empresa apresente uma nova proposta a ser discutida.

Enquanto não houver avanço nas negociações a greve continuará por tempo indeterminado.

O presidente do sindicato Sérgio Butka, declarou: “enquanto a empresa não rever as 747 demissões não teremos condições de avançar na pauta proposta pela empresa para competividade da planta”.

.

O dirigente sindical alertou ainda para os incentivos fiscais que a montadora recebe do governo do estado. “São mais de 50 empresas que recebem esse incentivo. São mais de R$12 bilhões por ano e isso faz a diferença. O governo e a população estão ajudando essa empresa a se fortalecer no estado. E nós queremos como contrapartida a manutenção dos empregos na Renault”, apontou.

A categoria tem realizado também manifestações nas ruas do centro de São José dos Pinhais para conscientizar a população dos efeitos das demissões na economia da cidade.

*Com informações do SMC