‘A Lava Jato traiu a Pátria’ quebra as redes sociais nesta quinta-feira

Tem razão as redes sociais levantarem nesta quinta-feira (2 de julho) a hashtag #LavaJatoTraiuAPatria. Há motivos de sobra para que o distinto leitor, independente de posição política, de direita ou de esquerda, pense isso à luz das últimas revelações da ‘Vaza Jato’.

De acordo com reportagens da Agência Pública e do site The Intercept Brasil, a Lava Jato trabalhava para o FBI americano em detrimento aos interesses brasileiros. Ou seja, os procuradores da força-tarefa partilhavam informações estratégicas de empresas locais que eram repassadas às empresas americanas.

“O papel da Lava Jato foi destruir empresas brasileiras, a serviço de empresas (norte) americanas”, disse hoje (2) o ex-presidente Lula à Rádio Bandeirantes. “O objetivo era destruir a indústria naval brasileira, a industria civil de engenharia do Brasil. E era tentar destruir a Petrobrás”, completo o petista.

A defesa de Lula sempre afirmou que a operação comandada pelo procurador Deltan Dallagnol e o ex-juiz Sérgio Moro era responsável pela prisão de Lula e outros políticos brasileiros. Tudo isso seguindo os interesses dos Estados Unidos, disse o advogado Cristiano Zanin Martins.

Veja as manifestações nas redes sociais:

LEIA TAMBÉM