Weintraub agradece as “dezenas de pessoas” que o ajudaram a fugir do Brasil

O ex-ministro da educação, Abraham Weintraub, usou o Twitter na manhã desta segunda-feira (22) para agradecer as “dezenas de pessoas” que o ajudaram a fugir do Brasil.

“Agradeço a todos que me ajudaram a chegar em segurança aos EUA, seja aos que agiram diretamente (foram dezenas de pessoas) ou aos que oram por mim”, escreveu o ex-ministro na rede social.

“Aproveito para dizer que estou bem. Quanto à culinária internacional, ontem fiquei tentado a comer uns tacos, acabou sendo KFC”, completou.

LEIA TAMBÉM:
Contrariando Bolsonaro, 93,7% dizem que coronavírus existe e não é uma “gripezinha”

Senado vota autorização para a privatização da água em plena pandemia de coronavírus

Jornal vê “batom na cueca” que pode levar à impeachment do presidente Jair Bolsonaro

Considerado o pior ministro que já ocupou o MEC, Weintraub fugiu para os Estados Unidos no último Sábado (20) com medo de ser preso por determinação Supremo Tribunal Federal (STF). Ele é alvo do inquérito das fake news, que tramita no Supremo, e também de uma investigação no tribunal por crime de racismo contra os chineses.

Confira o tuíte de Weintraub: