Vídeo: Bolsonarista derruba cruzes vandalizando protesto no Rio de Janeiro; assista

A intolerância bolsonarista não respeita o luto ou os protestos de quem pensa diferente. Em dois vídeos compartilhados no Twitter um homem aparece derrubando as cruzes de um protesto feito na praia de Copacabana, no Rio de Janeiro.

O protesto é uma ação da ONG Rio de Paz, conhecida por fazer atos contra a violência no Rio de Janeiro. Foram plantadas cruzes na areia da praia chamar atenção para o grande número de mortes provocadas pela Covid-19.

Além de vandalizar o protesto, o homem ainda falou que “isso era terrorismo da esquerda”.

Manuela D’Ávila compartilhou um dos vídeos e escreveu:

Outro vídeo foi postado por George Marques:

No balanço de hoje, o Brasil deve, infelizmente, ultrapassar as 40 mil mortes por Coronavírus. Isso sem contar a subnotificação, que é muito maior.

No Rio, ONG faz ato e chama a atenção para mortes por covid-19

A ONG Rio de Paz, conhecida por fazer atos contra a violência no Rio de Janeiro, faz hoje (11) um protesto na praia de Copacabana, na zona sul da cidade, para chamar atenção para o grande número de mortes provocadas pela covid-19. O objetivo é protestar contra a forma como o governo federal está lidando com a pandemia.

Segundo dados divulgados ontem (10) pelo Ministério da Saúde, a pandemia já deixou 39.680 mortos no Brasil.

LEIA TAMBÉM:
[Ao vivo]: João Doria anuncia vacina contra o coronavírus

Bolsonaro usa privatizações e distribuição de cargos para retardar impeachment

Maia diz que MP que permite Weintraub escolher reitores temporários é inconstitucional

No ato, foram feitas 100 covas rasas nas areias da praia, com cruzes e bandeiras do Brasil, para simbolizar os mortos durante a pandemia.

Além do protesto, a ONG pede que o governo federal apresente metas e cronogramas para a área de saúde e economia, socorra empresários afetados pela crise econômica e ofereça renda básica emergencial a todos os pobres e desempregados, entre outras demandas.

Com informações da Agência Brasil