Presidente da APP-Sindicato, Hermes Leão, testa positivo para Covid-19

O presidente da APP-Sindicato, professor Hermes Silva Leão, está com Covid-19. O diagnóstico foi confirmado na terça-feira (23). O dirigente sindical está em isolamento na sua residência, se recupera dos sintomas da doença e passa bem. Também na terça, uma professora e uma funcionária de escola, de cidades do interior do estado, morreram em decorrência do novo coronavírus, informa o site da APP-Sindicato.

Em uma rede social, Hermes relatou que os primeiros sintomas surgiram há cerca de 12 dias. O dirigente diz não saber como pode ter ocorrido a contaminação, pois têm cumprido as orientações das autoridades quanto ao isolamento social e porque todas as atividades presenciais do sindicato estão suspensas desde o início da pandemia.

“Esse vírus tem uma facilidade enorme de se movimentar. Estou sem condições de realizar qualquer trabalho neste momento. Vou me manter em repouso, isolado por mais alguns dias, e continuar insistindo que é importante que todas e todos se cuidem muito e que a gente continue cobrando intensamente as melhores condições para evitar que essa pandemia se alastre cada vez mais”, disse Hermes.

LEIA TAMBÉM:

‘Papa Francisco foi solidário com a família de Marielle’, diz viúva

Augusto Aras é derrotado em eleição interna do MPF

Ato mundial ‘Stop Bolsonaro’ terá ações em mais de 20 países no domingo

A preocupação do dirigente é confirmada nos dados divulgados pela Secretaria de Estado de Saúde nesta quarta-feira (24), quando o Paraná registrou mais de mil novos casos e 23 óbitos causados pela covid-19. O número de mortes informado no boletim inclui uma professora de 39 anos, da rede pública municipal de Telêmaco Borba, e uma funcionária de escola da rede estadual, de 45 anos, que trabalhava no Núcleo Regional de Educação de Umuarama.

Hermes destaca que desde o início da pandemia, a APP-Sindicato tem cobrado do governo Ratinho Junior medidas de proteção para os(as) professores(as) e funcionários(as) das escolas da rede pública. Na avaliação do dirigente, as convocações da Secretaria da Educação e do Esporte (Seed) para realização de atividades nas escolas têm colocado em risco a vida dos(as) trabalhadores(as) e da comunidade escolar, favorecendo a contaminação e a propagação do novo coronavírus.

*Da APP-Sindicato