Lula e Alberto Fernández vão debater sobre os desafios da América Latina no pós-pandemia

O ex-presidente Lula (PT) participará de um debate com o presidente da Argentina, Alberto Fernández, na próxima sexta-feira (26) sobre a América Latina após a pandemia do novo coronavírus.

O anúncio do encontro virtual, realizado pela Faculdade de Ciências Sociais da Universidade de Buenos Aires (UBA), foi feito por Adolfo Pérez Esquivel, vencedor do prêmio Nobel da Paz. “Nesta sexta-feira, 26 às 15h, estaremos conversando sobre a América Latina com nossos colegas Alberto Fernández e Lula. Um diálogo virtual organizado por UBA Sociales. Não percam!”, tuitou o ativista, que também é professor na universidade.

Enquanto o Brasil ultrapassa os 50 mil mortos e 1 milhão de infectados, a Argentina chegou a 1 mil mortos apenas no sábado. Com uma quarentena restrita imposta pelo governo de Fernández, o presidente argentino é tido como um exemplo no combate à pandemia e se contrapõe com a errática condução de Jair Bolsonaro (sem partido). Fernández chegou a dizer quer ajudar Brasil a enfrentar o coronavírus.

LEIA TAMBÉM:
‘Centrão sustenta Bolsonaro com 50 mil mortos nas costas’, diz colunista da Folha

Juan Guaidó, autoproclamado presidente da Venezuela, é atirado ao mar por Donald Trump

Flávio Bolsonaro ‘desiste’ de Wassef e contrata ex-advogado de Sérgio Cabral

PT vai denunciar Zambelli ao STF, PF e Conselho de Ética por ameaças contra Rogério Correia

Weintraub agradece as “dezenas de pessoas” que o ajudaram a fugir do Brasil

Além disso, o governo argentino tem se empenhado em garantir o sustento às famílias que perderam a renda, “estatizou” a gestão de hospitais particulares para garantir o atendimento universal, congelou aluguéis e impostos e chegou a apresentar projeto de expropriação de empresa agroexportadora com dívida bilionária.

Em entrevistas, debates e transmissões ao vivo realizadas durante a pandemia, Lula tem defendido que o mundo não saíra o mesmo após o coronavírus e é preciso pensar em novos caminhos. Esse parece ser o foco do debate organizado pela UBA.

Com informações do site do Lula.