‘Internamento urgente no manicômio judiciário’, diz Requião sobre Bolsonaro incentivar invasões à hospitais

O ex-senador Roberto Requião (MDB-PR) usou o Twitter na noite desta sexta-feira (12) para criticar o incentivo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) à invasão de hospitais.

“Provocar invasão em hospital ativo. Não é mais caso para o TSE e muito menos de impeachment. Internamento urgente no manicômio judiciário”, escreveu o ex-senador paranaense na rede social.

Na quinta-feira (11), durante sua live semanal no Facebook, Bolsonaro disse que não há superlotação de hospitais e pediu para que seus apoiadores invadam as unidades de saúde para filmar e checar se há leitos disponíveis ou não.

LEIA TAMBÉM:
Bolsonaro, Mourão e ministro da Defesa assinam nota com ameaças à Democracia

Minoritários, grupos de apoio a Bolsonaro tentam retomar as ruas neste domingo

Sara Winter pode ser presa nas próximas horas

Após a fala do presidente, um grupo invadiu na sexta-feira (12) o Hospital Ronaldo Gazolla, centro de referência no tratamento da Covid-19, no Rio de Janeiro. Casos semelhantes ocorreram em outras cidades do país.

Também na sexta-feira, os 9 governadores do Nordeste divulgaram uma carta repudiando o pronunciamento de Bolsonaro.