Foto mostra Queiroz na prisão: Abatido e preocupado com a mulher, diz O Globo

Fabrício Queiroz teve seu perfil fotografado no final da manhã desta terça-feira (23), no presídio Bangu 8, cinco dias após O Globo noticiar que ele deu entrada na penitenciária sem tirar foto.

Abatido, o ex-assessor do então deputado estadual Flávio Bolsonaro, reclamou de ter que usar o uniforme da Secretaria de Administração Penitenciária (Seap). Servidores que estavam no local no momento do registro contaram que o policial militar reformado “ficou constrangido ao ter que ir tirar a fotografia”.

“Só depois que matéria foi ao ar que resolveram fichá-lo”, contou um servidor da Seap ao Globo.

Durante dois dias, Queiroz se recusou a comer na cadeia. Na quinta e na sexta o agora presidiário recusou café, almoço e jantar.

LEIA TAMBÉM:

Efeito Bolsonaro: União Europeia estuda barrar entrada de brasileiros por causa da pandemia de coronavírus

Humberto Costa pede apuração de uso de cota parlamentar em atos antidemocráticos

Era só o que faltava: nuvem de gafanhotos se aproxima do Brasil, além de Bolsonaro e da Covid-19; veja

Para colegas de cela, ele disse que está preocupado e com medo de sua esposa ser presa.

“A todo tempo ele está cabisbaixo. Tem se mostrado muito abatido, assustado e com muito receio de a esposa ser presa” — destacou o servidor de Bangu 8.

De acordo com o agente, o ex-assessor de Flávio Bolsonaro tem acompanhado tudo pela televisão.

*As informações são de O Globo