Coronavírus: Vacina brasileira começa a ser testada em animais

Pesquisadores do Instituto do Coração (InCor) e da Faculdade Medicina da Universidade de São Paulo (FM-USP), anunciaram que começaram a testar em camundongos uma potencial vacina contra a Covid-19.

A imunização segue um modelo diferente do empregado em outros países. A estratégia utilizada para desenvolver a vacina é baseada no uso de partículas semelhantes a vírus.

Essa fase do estudo é chamada “pré-clínicos”. Após essa etapa, os pesquisadores poderão começar a testar a vacina em voluntários humanos.

LEIA TAMBÉM:

Morre Carlos Lessa, economista e ex-presidente do BNDES, de Covid-19

Petistas cobram demissão de Sérgio Camargo da Fundação Palmares

Miguel Falabella demitido após 39 anos na TV Globo

“Já conseguimos desenvolver três formulações de vacinas que estão sendo testadas em animais. Em paralelo, estamos formulando diversas outras para identificar a melhor candidata”, disse Gustavo Cabral, pesquisador responsável pelo projeto à agência Fapesp.