Bruno Covas, prefeito de São Paulo, está infectado pelo coronavírus

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), está infectado pelo novo coronavírus. O diagnóstico saiu na tarde deste sábado (13) informou a prefeitura.

De acordo com a assessoria do prefeito, Covas passa bem, não apresenta sintomas e recebeu recomendação de seu médico, Davi Uip, para permanecer trabalhando em casa e em observação pelos próximos dias.

Neste sábado, o Estado de São Paulo registrou 4.975 novos casos de covid-19 nas últimas 24 horas – o total de casos confirmados chegou a 172.875. A quantidade de pessoas mortas aumentou de 10.368 para 10.581, um aumento de 213 casos.

LEIA TAMBÉM:

Curitiba volta atrás de afrouxamento nas regras durante a pandemia de coronavírus

Gleisi Hoffmann liderou carreata no DF, após a polícia chutar o pau da barraca de Sara Winter

Bolsonaro parcela calote no saque emergencial de R$ 1.045 do FGTS; veja o calendário

Covas, de 39 anos, foi diagnosticado com câncer na cárdia, região entre estômago e esôfago em outubro de 2019. Após oito sessões de quimioterapia, o prefeito iniciou a segunda fase do tratamento, desta vez com sessões de imunoterapia, em fevereiro deste ano.

A imunoterapia consiste na aplicação de medicamentos que fortalecem o sistema imunológico. As sessões duram cerca de 30 minutos.

A expectativa do Sírio Libanês, hospital onde o tucano realiza o tratamento, é que, fortalecido, o próprio organismo do prefeito combate o que restou do câncer.