Brasil ultrapassa 710 mil casos de Covid-19 com 37.312 mortes em 08/06

Na ausência de um balanço do ministério da Saúde, órgãos de imprensa fizeram o próprio balanço da pandemia do Coronavírus nesta segunda-feira (8).

Segundo o levantamento do G1, O Globo, Extra, O Estado de S.Paulo, Folha de S.Paulo e UOL, o Brasil teve 849 novas mortes registradas em razão do novo coronavírus nas últimas 24 horas.

Veja os números consolidados às 20h:

  • 849 mortes registradas nas últimas 24 horas;
  • 37.312 mortes no total;
  • 19.631 casos registrados nas últimas 24 horas;
  • 710.887 casos confirmados desde o início da pandemia.

Os dados foram compilados a partir das informações das secretarias estaduais de Saúde.

Via G1.

Governo Bolsonaro recua e diz que vai divulgar dados da Covid-19 às 18h

O Ministério da Saúde, após mudar o horário de divulgação dos números da Covid-19 no país para as 22h, recuou nesta segunda-feira (8) e afirmou, durante coletiva de imprensa, que vai passar a atualizar o balanço consolidado do dia às 18h. Para isso, a pasta afirmou que os dados de cada Estado deverão ser compilados até as 16h.

Segundo o Ministério da Saúde, os números vão abordar o cenário atual, com análise de casos e mortes por data de ocorrência. Ou seja, mortes ocorridas antes das últimas 24 horas não serão contabilizadas nas atualizações de dados da doença.

A pasta afirmou que a instabilidade apresentada nos últimos dias pelos Painel Coronavírus Covid-19 foi consequência de ataques cibernéticos no sistema do DataSUS, mas que já foram tomadas medidas para evitar os danos ao site.

LEIA TAMBÉM
Presidente do STF diz que ‘dubiedade’ de Bolsonaro ‘assusta’ sociedade

OMS diz esperar que comunicação do Brasil sobre Covid-19 seja “consistente e transparente”

Secom de Bolsonaro compara boletim da Covid-19 às 22 horas com transmissão de futebol

Além disso, o Ministério da Saúde afirmou que está implantando uma plataforma que possui microdados da Covid-19, atualizados em tempo real por Estados e municípios.

Secretários de Saúde dos estados denunciaram no fim de semana a tentativa do governo de esconder os dados sobre a pandemia do coronavírus no país, incluindo o número de mortos pela doença.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) também cobrou uma transparência na trasmissão de dados do governo brasileiro sobre a evolução da Covid-19 no país.