BOMBA: Lula diz que Bolsonaro foi eleito com ‘muito dinheiro’ estrangeiro

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) denunciou durante uma entrevista coletiva, nesta quinta-feira (11), que o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) foi eleito, em 2018, com ‘muito dinheiro’ estrangeiro. O petista disse esperar que essa questão seja esclarecida pela CPMI das Fake News.

Lula foi entrevistado nesta tarde por 9 blogueiros e youtubers, após o petista se recusar a dar entrevista para a TV Globo. O ex-presidente afirmou que a emissora dos Marinho lhe deve desculpas pelas mentiras que conta todos os dias a seu respeito.

Na entrevista que durou cerca de duas horas e meia, Lula fulminou a ideia de frente única proposta por FHC e Ciro Gomes. Segundo o ex-presidente, esse modelo não vingará no Brasil. No entanto, o petista destacou a importância de uma frente eleitora com programa democrático, que condene as privatizações e defenda distribuição de renda.

O ex-presidente Lula disse ainda que Bolsonaro foi eleito graças a Ciro Gomes e ao ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. “O Ciro viaja para Paris, o FHC anula o voto e eles vêm dizer que PT elegeu Bolsonaro? Tenha dó”, criticou.

O petista também deu mais um ‘peteleco’ na orelha do ex-juiz Sérgio Moro, virtual candidato da Globo em 2022: “Eu tô provocando o Moro e o [Deltan] Dallagnol pra debater comigo, ao vivo. Se a Globo quiser fazer, eu topo. Porque é preciso desmascarar esses canalhas e mostrar o que eles fizeram ao país”, desafiou.

Ao responder sobre “fundamentalismo religioso”, Lula opinou dizendo que os pastores não tem a importância eleitoral que acreditam ter. Ele citou nominalmente o pastor Silas Malafaia. “Se o Malafaia tivesse alguma importância ele seria o candidato [à Presidência da República]”, disparou.

O ex-presidente Lula asseverou que eleitor não tem dono e que candidato não deve ter preconceito, principalmente religioso.

Lula encerrou a coletiva com os youtubers revelando que se sente mais preso hoje do que quando estava na PF, em Curitiba. Ele disse está bastante irritado com esse momento de pandemia de coronavírus, mas, garantiu, continua em distanciamento social desde 12 de março.

Assista a íntegra da entrevista:

LEIA TAMBÉM
Notícias ao vivo do Coronavírus: João Doria anunciou a vacina, mas não entregou o que prometeu

Brasil ultrapassa as 40 mil mortes por Covid-19 no feriado de Corpus Christi

Gleisi critica Bolsonaro por recriação de ministério para agradar Centrão

Durante coletiva de Lula, internautas tuítam “tudo era melhor com o PT”

Enquanto o ex-presidente Lula concede entrevista coletiva a canais do Youtube, os internautas de esquerda tuítam com a hashtag #TudoEraMelhorComPT que está entre as mais comentadas do país.

Isso ocorre no mesmo dia em que #BolsonaroTraidor foi um dos assuntos mais comentados do Twitter. Será que os robôs estão de folga???

A presidenta do PT, Gleisi Hoffmann, escreveu:

“No dia de #tbt, lembramos que #TudoEraMelhorComPT: a democracia preservada, respeito à imprensa e à independência das universidades, o povo estavam no orçamento, os direitos trabalhistas garantidos, avanço nos direitos da comunidade LGBT e dos negros, e na educação e saúde.”