Augusto Aras é derrotado em eleição interna do MPF

O Procurador-Geral da República (PGR), Augusto Aras, sofreu uma pesada derrota nas eleições para o Conselho Superior do Ministério Público (CSMPF) concluída nesta terça-feira (23).

Dois candidatos que fazem “oposição” a Aras na política interna do MPF foram eleitos como titulares do Conselho Superior do Ministério Público (CSMPF). Mario Luiz Bonsaglia foi eleito para o Conselho com 645 votos, e Nicolao Dino conquistou a segunda vaga com 608 sufrágios.

Nos bastidores, ambos são vistos como críticos da gestão de Aras. Eles derrotaram procuradores considerados próximos ao atual PGR.

LEIA TAMBÉM:

Redução de salário de servidor público é inconstitucional, decide STF

Ato mundial ‘Stop Bolsonaro’ terá ações em mais de 20 países no domingo

PT aciona TCU e PGR para investigar contratos entre governo Bolsonaro e empresa da ex-mulher de Wassef

O Conselho Superior do MPF formula desde as regras para a distribuição de inquéritos entre os procuradores até as diretrizes para os concursos públicos da instituição, e pode impedir algumas iniciativas do PGR.