60 entidades lançam ‘Fora Bolsonaro’ com mudanças na economia

Deu ruim para o ministro Paulo Guedes. Enfim, mais de 60 organizações lançam na segunda-feira (29) movimento pelo Fora Bolsonaro, mas com mudanças urgentes no rumo da economia do País.

Com a participação da OAB, ABI, SBPC, Centrais Sindicais e Comissão Arns, o movimento plural e suprapartidário lança a campanha “#BrasilpelaDemocracia #BrasilpelaVida”.

As entidades que se unem em defesa da vida denunciam que a descoordenação do governo federal no combate à pandemia do novo coronavírus, agravando a já crítica situação sanitária e econômica, implica em mais sofrimento a trabalhadoras e trabalhadores, às populações vulneráveis e inviabiliza a sobrevivência de empreendedores, em especial micro e pequenos empresários.

É a primeira vez que a sociedade civil, num esforço coletivo, aponta a questão econômica como questão central para resolver a crise no País.

As mais de 60 entidades entendem que não basta tirar o presidente Jair Bolsonaro. É preciso ir além removendo, também, a política neoliberal encarnada por Guedes.

De acordo a carta de princípios das entidades, a ação conjunta desta segunda-feira será uma resposta à situação enfrentada pelo país, que exige a união de todos em defesa da democracia, ameaçada pelo ataque permanente e inconcebível às instituições, à imprensa, ao Estado Democrático de Direito e aos direitos dos cidadãos e cidadãs consagrados na Constituição Federal.

Para marcar o lançamento, na próxima segunda, acontece uma grande mobilização nas redes sociais da campanha, com participação das entidades e personalidades, o lançamento do site, que terá espaço para novas adesões, e projeções em pontos icônicos de algumas capitais.

A primeira atividade, logo após o lançamento, será a Virada da Democracia, nos dias 4 e 5 de julho – um evento coletivo com dezenas de atividades propostas pelas organizações envolvidas, entre palestras, ações culturais e manifestações virtuais.

Por criticar o desastre do governo na economia, com aumento de desemprego e miséria, isso a Globo não vai mostrar (#IssoaGloboNãoMostra) –mas o Blog do Esmael faz questão de cerrar fileira para escancarar esse tema antineoliberal ao Brasil e ao mundo.

LEIA TAMBÉM

  • Veja como foi o comício virtual da centro-direita ‘Direitos Já’ nesta sexta; assista o vídeo na íntegra
  • Paulo Guedes quer passar a ‘boiada’ da privatização na pandemia do coronavírus
  • Discurso moral x discurso econômico
  • Confira quais são as entidades que integram a campanha pelas mudanças na economia:

    #Juntos

    #somos70porcento

    342Artes e 342Amazônia

    ABI – Associação Brasileira de Imprensa

    ABONG – Associação Brasileira de Organizações Não Governamentais

    Ação Educativa, Assessoria, Pesquisa e Informação

    ANPG – Associação Nacional de Pós-graduandos

    Articulação dos Povos Indígenas do Brasil – APIB

    Associação da Parada do Orgulho GLBT de São Paulo

    Associação de Juristas pela Democracia

    Associação Juízes para a Democracia – AJD

    Bloco da Cultura

    Brigadas Populares

    Campanha Nacional pelo Direito à Educação

    Casa Fluminense

    Cenpec – Centro de estudos e pesquisas em educação, cultura e ação comunitária

    Central dos Sindicatos Brasileiros – CSB

    Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil – CTB

    Clube de Engenharia

    Comissão Arns – Comissão de Defesa dos Direitos Humanos Dom Paulo Evaristo Arns

    Comitê em Defesa da Democracia e do Estado Democrático de Direito

    Confederação Nacional dos Trabalhadores Rurais Agricultores e Agricultoras Familiares (CONTAG)

    Conic – Conselho Nacional de Igrejas Cristãs do Brasil

    CUT – Central Única dos Trabalhadores

    Força Sindical

    Fórum Brasileiro de Segurança Pública

    Frente Brasil Popular

    Frente de Evangélicos pelo Estado de Direito

    Fundação Tide Setubal

    GELEDES – Instituto da Mulher Negra

    Greenpeace

    IDDD (Instituto de Defesa do Direito de Defesa)

    IDEC – Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor

    Instituto Cidades Sustentáveis

    IAB – Instituto de Arquitetos do Brasil

    Instituto de Estudos da Religião – ISER

    Instituto de Estudos Socioeconômicos

    Instituto Ethos de Responsabilidade Social Empresarial

    Instituto Igarapé

    Instituto Socioambiental

    Instituto Sou da Paz

    Instituto Vladimir Herzog

    Intersindical Central da Classe Trabalhadora

    MST – Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra

    Nova Central Sindical de Trabalhadores – NCST

    OAB Nacional

    Observatório do Clima

    Oxfam Brasil

    Plataforma dos Movimentos Sociais pela Reforma do Sistema Político

    Projeto Brasil Nação

    Projeto Liberdade

    Pública Central do Servidor

    SBPC – Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência

    Somos Democracia

    Transparência Brasil

    UBES – União Brasileira dos Estudantes Secundaristas

    UGT – União Geral dos Trabalhadores

    UNE – União Nacional dos Estudantes

    WWF-Brasil

    UNEAFRO BRASIL

    Todos Pela Educação