Vanderlei Luxemburgo: ‘Não vamos pensar só no futebol’

O técnico Vanderlei Luxemburgo, do Palmeiras, disse nesta quarta-feira (6) que o futebol precisa estar em segundo plano diante da pandemia do novo coronavírus. A declaração foi dada em entrevista de vídeo montada pelo Palmeiras, com a participação de jornalistas.

“As pessoas estão muito preocupadas com o futebol, com se ele fosse mover o mundo. A preocupação é com a pandemia do momento do mundo, com a saúde, letalidade do vírus. Essa é a preocupação que todos têm de ter, que caminho tomar e como acabar com esse vírus, fazer com que a sociedade vai voltar ao normal. Futebol está seguindo esse contexto”, disse Luxemburgo.

“[Estamos] Torcendo para que os cientistas descubram um meio de acabar com isso, para que todos, não só o futebol, voltem à normalidade. Senão vamos discutir só sobre futebol. A sociedade mundial tem de estar preocupada com a pandemia, que é diferente, pegou todo mundo desprevenido. Não vamos pensar só no futebol, se tem que voltar hoje ou amanhã. A preocupação maior é com o cidadão mundial, com as pessoas que estão sendo acometidas por esse vírus”, completou o treinador.

LEIA TAMBÉM:
Brasil bate novo recorde com 614 mortes por Covid-19 em 24 horas

STF decide que estados e municípios podem restringir locomoção sem aval federal

Lula: ‘Não é justo ter hospital privado com leito vazio e ter gente esperando a morte em casa’

Segundo dados do Ministério da Saúde, a covid-19 já matou mais oito mil pessoas no Brasil e o número de casos confirmados da doença já passam de 123 mil. Diante da situação, o Palmeiras tem feito treinos remotos, com a participação de todos os jogadores em casa. O elenco ainda teve férias de 30 dias, durante todo o mês de abril.

O técnico do Palmeiras ressaltou ainda que o clube só voltará às atividades no centro de treinamento depois do aval das autoridades médicas.

“Temos de deixar as autoridades determinarem aquilo que precisa que ser feito. No Palmeiras, foi decretado que a volta vai se dar quando for liberado. Nós não sabemos quando vamos voltar. Estamos preocupados com uma coisa: isolamento e preservação da saúde, que é a determinação dos órgãos de saúde. Tudo o que se fala agora são possibilidades. O Palmeiras determinou que vai esperar os meios oficiais para depois tomar decisões. O clube vai fazer tudo aquilo que foi determinado”, afirmou Luxemburgo.

Assista ao vídeo da entrevista:


Com informações do jornal O Tempo.