Senadora Mara Gabrilli está com coronavírus

A senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP) testou positivo para o novo coronavírus.

Em nota divulgada nesta terça-feira (19), a assessoria de Mara Gabrilli afirmou que ela está sem sintomas severos e que se encontra em isolamento domiciliar de onde participa das sessões remotas do Senado Federal.

A assessoria também afirmou que a senadora provavelmente contraiu o vírus de uma de suas cuidadoras, que também está com covid-19, e cuja mãe faleceu na última semana devido a essa doença.

LEIA TAMBÉM:
Câmara dos Deputados aprova uso obrigatório de máscara em todo país

Presidente da Anvisa que participou de manifestação com Bolsonaro está com o Coronavírus

General Pazuello ‘militariza’ o Ministério da Saúde

O comunicado destaca ainda que a parlamentar já havia protocolado diversas propostas que integram um pacote emergencial para pessoas com deficiência e em situações de vulnerabilidade desde o início da pandemia. E pediu empenho dos colegas para a aprovação das medidas.

Além de Mara Gabrilli, no Senado já contraíram a doença o presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), Nelsinho Trad (PSD-MS) e Prisco Bezerra (PDT-CE).

Confira a íntegra da nota:

Nota à imprensa

A senadora Mara Gabrilli (PSDB-SP) realizou um exame na segunda-feira (18) e nesta terça-feira (19) atestou positivo para a Covid-19.

Desde o início da pandemia, a senadora está reclusa em seu apartamento, em São Paulo, de onde participa das sessões remotas realizadas pelo Senado Federal. Ao que tudo indica, a parlamentar contraiu o vírus de uma de suas cuidadoras, que também está com Covid-19 e cuja mãe, lamentavelmente, faleceu na última semana devido à doença.

Mara Gabrilli, no entanto, encontra-se bem, sem sintomas severos, mas com perda de olfato e paladar. Seguindo orientações médicas, a senadora seguirá em isolamento domiciliar e se afastará das atividades pelos próximos 14 dias.

A senadora reforça sua preocupação diante da ausência de um plano emergencial para as milhares de pessoas com deficiência, pessoas com doenças raras e pessoas idosas que necessitam de um cuidador, o que lhes impedem de adotar em 100% o distanciamento e o isolamento social. Por isso, pede atenção ao pacote de medidas para proteção de pessoas com deficiência durante a pandemia, que apresentou no Senado Federal.

Assessoria de Imprensa da Senadora Mara Gabrilli