Roberto Jerfferson, ‘comandante propina’, prega golpe armado por Bolsonaro

Com arma na mão, o ex-deputado federal Roberto Jefferson, presidente nacional do PTB e dublê de miliciano, postou no Twitter na manhã deste sábado (9) um vídeo em que defende um golpe de Estado pelo presidente Jair Bolsonaro.

O ex-deputado petebista, notório corrupto, conhecido nas hostes bolsonaristas como o “comandante propina”, reapareceu na cena política nos últimos dias defendendo um endurecimento de Bolsonaro contra a oposição e as instituições de Estado, como o STF e o Congresso Nacional.

“Bolsonaro, para atender o povo e tomar as rédeas do governo, precisa de duas atitudes inadiáveis: demitir e substituir os 11 ministros do STF, herança maldita. Precisa cassar, agora, todas as concessões de rádio e TV das empresas concessionárias GLOBO. Se não fizer, cai”, escreveu na rede social o “comandante propina”.

Em outra postagem, o propineiro publicou uma foto com uma arma na mão, afirmando que vai combater “comunistas”. “Estou me preparando para combater o bom combate. Contra o comunismo, contra a ditadura, contra a tirania, contra os traidores, contra os vendilhões da Pátria. Brasil acima de tudo. Deus acima de todos”, escreveu.

LEIA TAMBÉM:

A farra publicitária de Bolsonaro em sites ilegais e de fake news na reforma da previdência

STF recebe cópia de gravação citada por Sérgio Moro

Sikêra Jr. choca fãs com foto debilitado na cama e máscara de oxigênio

– Resumo da Ópera bufa:

A defesa de Jefferson do golpismo protofascista de Bolsonaro é mais uma “paga” pelos cargos oferecidos ao seu partido pelo governo -, cada vez mais isolado politicamente e temendo um processo de impeachment.