PSOL pede convocação de Regina Duarte na Câmara por defesa da ditadura

A bancada do PSOL na Câmara dos Deputados apresentou um requerimento de convocação para que a secretária especial de Cultura, Regina Duarte, participe de uma sessão virtual do plenário para esclarecer suas declarações em entrevista à rede CNN na última quinta-feira (7). Regina Duarte relativizou as mortes ocorridas no período da Ditadura Militar no Brasil e minimizou a censura e as torturas ocorridas no período. A Secretária também se irritou com uma crítica apresentada pela atriz Maitê Proença.

LEIA TAMBÉM:
Regina Duarte ‘fumou algo estragado’ antes do chilique na entrevista da CNN Brasil? Assista

A nossa opinião sobre a entrevista de Regina Duarte na CNN Brasil; assista

#CNNLixo marca o fim do “namoro” do bolsonarismo com o canal de notícias

Os parlamentares do PSOL destacam no requerimento que em nenhum momento a Secretaria de Cultura se posicionou sobre a drástica redução da fonte de renda dos artistas diante a pandemia de Covid-19 e não trabalhou para garantir renda e dignidade à classe.

“As declarações da Secretária especial de Cultura atacam a democracia e a memória de tantos artistas brasileiros que lutaram contra o regime militar. Esse é o verdadeiro modus operandi do governo Bolsonaro”, argumentam os parlamentares no pedido de convocação.

“A Secretária sequer é capaz de ouvir críticas democráticas de uma artista consagrada, como é o caso de Maitê Proença, que questionou o silencio da Secretária diante do falecimento recente de artistas como Moraes Moreira e Aldir Blanc. O gene da intolerância é parte integrante da cúpula do Governo Federal”, ressalta o pedido do PSOL.

Leia a íntegra do requerimento:

Requerimento-Regina-Duarte-Entrevista

A informação é do PSOL